Após a descoberta de um novo vídeo em nossas escavações arqueológicas resolvemos inaugurar mais uma seção no blog: “Por onde anda?”

O vídeo em questão mostra o ex-escalador Marcio Manfrenato (o nome do escalador será mantido em sigilo) mandando o boulder “Pamonha Não”, localizado nos blocos do estacionamento dos 3 Picos no longínquo ano de 2005. Detalhe para a comemoração “Guitar Hero”:

O vídeo inclusive traz à luz o fato de que hoje em dia os escaladores estão evoluindo muito mais rápido do que antigamente. Já ouviu falar de um boulder graduado em ‘6o grau’? É, isso existia. Antigamente, quando mandar um v0 não era tão fácil e comum como é hoje, tínhamos algumas graduações antes do v0 para incentivar o pessoal mais novo e também diferenciar um pré-v0 fácil de um muito fácil… Tinha o 5o grau, 6o grau e depois vinha v0, v1…manfre

Enfim, o intuito real deste post é falar do Marcio, uma grande promessa da escalada que, por motivos diversos, acabou mudando de esporte e de País.

Hoje Marcio é um bem conceituado bailarino residente no Peru (numa cidade próxima a Cuzco) e faz diversas apresentações pelo interior do País. Conseguimos uma foto dele fazendo um Pliê durante a apresentação ‘Mi Peru Querido’. Repare que ele continua usando sua sapatilha Snake Trinity, o que mostra que a escalada ainda faz parte de sua vida.

Parabéns Marcio, você é um orgulho para o povo brasileiro!